AMRIGS - Associação Médica do Rio Grande do Sul
    
 
Área do Associado



 


 

 
   
 

Ministério da Saúde atualiza casos de sarampo

Até 30 de outubro, são 2.564 casos de sarampo confirmados em todo o país. No Amazonas, são 2.126 e em Roraima, 345. Todos estão relacionados à importação

O Ministério da Saúde atualizou, nesta quarta-feira (31), as informações repassadas pelas secretarias estaduais de saúde sobre a situação do sarampo no país. Até o dia 29 de outubro, foram confirmados 2.564 casos. Atualmente, o país enfrenta dois surtos de sarampo: no Amazonas são 2.126 casos confirmados e 7.611 em investigação, e em Roraima, são 345 casos confirmados e 50 em investigação. 

Cabe esclarecer que nos estados do Amazonas e Roraima, o aumento de casos registrado deve-se a notificações de semanas anteriores, que ainda estavam em investigação, e que foram confirmadas. Portanto, não se trata necessariamente de novos casos notificados, já que em ambos estados, a curva de novos casos é decrescente. Em Roraima, a maior concentração de casos se deu entre fevereiro e abril deste ano. Já no Amazonas, a queda no número de casos se dá a partir do início de agosto, sendo o pico em meados de julho.

Os surtos estão relacionados à importação, já que o genótipo do vírus (D8) que está circulando no país é o mesmo que circula na Venezuela, país que enfrenta um surto da doença desde 2017.  Alguns casos isolados e relacionados à importação foram identificados nos estados de São Paulo (3), Rio de Janeiro (19); Rio Grande do Sul (43); Rondônia (2), Pernambuco (4), Pará (17), Distrito Federal (1) e Sergipe (4). Até o momento, no Brasil, foram confirmados 14 óbitos por sarampo, sendo quatro óbitos no estado de Roraima, 8 no Amazonas e 2 no Pará.

O Ministério da Saúde permanece acompanhando a situação e prestando o apoio necessário aos Estados. Cabe esclarecer que as medidas de bloqueio de vacinação, mesmo em casos suspeitos, estão sendo realizadas em todos os estados.

IMUNIZAÇÃO SARAMPO - O Ministério da Saúde, de janeiro a outubro de 2018, encaminhou aos Estados de Rondônia, Amazonas, Roraima, Pará, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Sergipe e Distrito Federal o quantitativo de 13,2 milhões de doses da vacina tríplice viral, para atender a demanda dos serviços de rotina e a realização de ações de bloqueio, intensificação e campanha de vacinação para prevenção de novos casos de sarampo. Em relação à Campanha Nacional de Vacinação contra sarampo, todos os estados que apresentam casos confirmados de sarampo alcançaram a meta mínima de 95% de cobertura vacinal, com exceção do Distrito Federal.


Fonte: Ascom Ministério da Saúde
Fotos:
Data: 05/11/18      Atualizada em: 05/11/18
Tags: Ministério da Saúde , sarampo , poliomielite , importação , vacina tríplice viral ,









 
ARTIGOS

Um ano cheio de inovação
Dr. Alfredo Floro Cantalice Neto
Sentir-se Médico
Dr. José J. Camargo
A fragilidade da democracia da República do Brasil
Dr. Albino Julio Sciesleski
Ver Todas
JORNAL AMRIGS

Ver Todas
REVISTA DA AMRIGS

Ver Todas
AMRIGS NA MIDIA

Ver Todas