AMRIGS - Associação Médica do Rio Grande do Sul
    
 
Área do Associado



 


 

 
   
 

Especialista orienta como idosos e familiares devem proceder em acidentes domésticos

Adaptar a residência é uma das melhores formas de evitar ocorrências

As quedas representam grande perigo às pessoas idosas que, mesmo em um leve acidente, podem ter fraturas na coluna lombar, quadril e antebraços, visto que, a menor deposição de cálcio deixa os ossos frágeis e quebradiços. De acordo com o ortopedista sócio da Associação Médica do Rio Grande do Sul (AMRIGS), Armindo Pydd, cerca de 30% das mulheres e 16% dos homens sofrem fratura de quadril quando caem e 15% a 20% vão a óbito por ano. Desta forma, o manejo da pessoa até a chegada do atendimento médico é imprescindível para o seu bem-estar.

- Não realize manobras bruscas, acomode o paciente deitado e com algum suporte na fratura. Verifique se as vias aéreas estão desobstruídas ou se há sangramento abundante. Mexa o mínimo possível o idoso – orienta Pydd.

Os motivos para as quedas são diversos, de problemas de saúde ao ambiente domiciliar, sendo a adaptação da residência uma das principais formas de evitar que a pessoa caia. O ortopedista sugere formas de deixar a casa mais segura como a instalação de barras de segurança no banheiro, cozinha e corrimão nos dois lados das escadas; retirar tapetes e centralizar as atividades do idoso em um único ambiente.

- Evite móveis, vasos e adornos em ambiente de alta circulação; sente a pessoa quando ela brincar com animais; instale o interruptor ao lado da cama com colchão na altura adequada e perto da porta e garanta uma boa iluminação. Além disso, fortaleça os ossos com uma boa alimentação com frutas, verduras, leite e derivados de cálcio – complementa o médico.

Além das partes do corpo já citados, também podem ser afetados durante a queda o úmero, tíbia e ossos trabeculares. Ainda podem ocorrer deformidades na coluna em fraturas não diagnosticadas até em um pós-trauma de pequeno impacto.


Fonte: Ascom AMRIGS
Fotos:
Data: 12/09/18      Atualizada em: 12/09/18
Tags: especialista , idosos , familiares , quedas , ambiente domiciliar ,









 
ARTIGOS

Um ano cheio de inovação
Dr. Alfredo Floro Cantalice Neto
Sentir-se Médico
Dr. José J. Camargo
A fragilidade da democracia da República do Brasil
Dr. Albino Julio Sciesleski
Ver Todas
JORNAL AMRIGS

Ver Todas
REVISTA DA AMRIGS

Ver Todas
AMRIGS NA MIDIA

Ver Todas